Pioneirismo

MÉRITO PERTENCE À BICENTENÁRIA CASA PIA DE LISBOA

O PIONEIRISMO DOS CASAPIANOS NO DESPORTO EM PORTUGAL

– A 1ª. VEZ

Primeira equipa do Casa Pia Atlético Clube – 1920

1787 – Com o título “Sumário dos Preceitos mais importantes concernentes à educação das crianças, às diferentes profissões e ofícios” aparece o 1º. livro tratando a educação física, que estipula no ArtigoV: “Os homens não podem gozar de perfeita saúde sem exercício”; “o exercício é o primeiro mantimento da saúde”; “não se confranjam as crianças a estarem sentadas” e “cumpre que as crianças andem sempre limpas”. O seu autor é nada mais nada menos que o insigne professor da Casa Pia e conselheiro de Pina Manique, Dr. Manuel Joaquim Henriques de Paiva, Director da Farmácia da Real Casa Pia do Castelo e seu Professor de Química. Era sobrinho neto de António Nunes Ribeiro Sanches (1699-1782).

Dr. José Pontes, In ”Quási um Século de Desporto-Apontamentos para a História da Educação Física em Portugal

 – 15 de Novembro de 1878 – É publicada a 1ª. Revista de Educação Física em Portugal, tendo por Director Paulo Lauret, ex-aluno nº. 107 da Real Casa Pia de Lisboa, discípulo dilecto de Mestre Jean Roger que a Instituição recrutou nas Escolas Normais de Paris (Sant’Cir) para dirigir o Ginásio da Casa Pia de Lisboa instalado em 1834.   

A 1ª. derrota (2-0) sofrida pelos futebolistas ingleses do Carcavelos Clube (22 Janeiro de 1898 dia de S. Vicente padroeiro de Lisboa) foi infligida pela equipa escolar da Casa Pia capitaneada pelo futuro Professor e pintor Pedro Guedes, que seria também o 1º. guarda-redes do Sport Lisboa no primeiro jogo oficial efectuado por este Clube nas Salésias na cerca do actual Colégio D. Nuno Álvares Pereira da Casa Pia de Lisboa, em 1 de  Janeiro de 1905 frente ao Campo de Ourique.

O 1º. Capitão do Sport Lisboa (1904) foi o Arquitecto Casapiano António do Couto. Foi o Arquitecto da estátua do Marques de Pombal.

1905 – 1 de Janeiro – Pelo meio dia  no Campo das Salésias, junto ao actual Colégio D., Nuno Álvares Pereira da Casa Pia de Lisboa  o Sport Lisboa realiza o seu primeiro desafio frente ao Campo de Ourique capitaneado por Pedro Del Negro. Na equipa alinharam os casapianos: Pintor  Pedro Guedes, que foi o Guarda-Redes, Major José da Cruz Viegas, que estudou com o legado de Luz Soriano à Casa Pia, e o Cinzelador Emílio de Carvalho a Defesas; Arquitecto António do Couto, que foi o Capitão, a Médio e a avançado o Professor e Subdirector da Casa Pia, Silvestre da Silva sendo o autor do único golo aos 30 minutos. Seria o primeiro golo do centenário Sport Lisboa e Benfica.

O 1º. Presidente eleito do Sport Lisboa (mais tarde Benfica), em 22 de Novembro de 1906, foi o médico casapiano Januário Barreto. Seria também o 1º. Presidente da Liga Portuguesa de Futebol (1908), antecâmara da Associação de Futebol de Lisboa.

Em 1908 a Casa Pia de Lisboa participa no 1º. Campeonato Escolar, organizado pela I Liga Portuguesa de Futebol, onde teve por adversários o Liceu Pedro Nunes, Liceu do Carmo, Liceu de S. Domingos, Escola Politécnica, Instituto Comercial, Instituto Industrial, Colégio Militar, Escola Académica e Colégio Estefânia. Foi vencedor o Liceu das Lapa (mais tarde Pedro Nunes). Na época seguinte venceria o campeonato.

No 1º. Derby entre os futuros grandes de Lisboa, Sporting/Sport Lisboa realizado em 1 de Dezembro de 1907 alinharam 8 casapianos. Pelo Sport Lisboa João Carvalho Persónio, Leopoldo Mocho, Cosme Damião e António Meireles e pelo Sporting, Emílio de Carvalho, Daniel Queiroz dos Santos, António do Couto e José da Cruz Viegas que estudava a expensas do legado de Luz Soriano à Casa Pia.

No 1º. Derby da capital italiana entre a Roma e a Lázio, realizado em 19 de Janeiro de 1908, pela Lázio actuou o escultor casapiano Francisco dos Santos, considerado pela imprensa da época um dos melhores em campo.

O 1º. Campeonato Escolar de Futebol organizado em 1910 pela Associação de Futebol de Lisboa foi ganho pela Equipa Escolar da Casa Pia, tendo como adversários os Liceus Camões, Passos Manuel e da Lapa (actual Pedro Nunes), o Colégio Nacional e a Escola Académica fundada pelo casapiano António Florêncio dos Santos.

O 1º. Presidente e o 1º Vice Presidente de Juízes de Campo nomeados pela Associação de Futebol de Lisboa, fundada em 23 de Setembro de 1910, foram os casapianos José da Cruz Viegas e António do Couto.

A 1ª. Direcção da Associação de Futebol de Portalegre eleita em 1911 tinha como 1º. Secretário e fundador o casapiano Leopoldo Mocho, que em 1920 seria também o 1º. Secretário do Casa Pia Atlético Clube.

No 1º. F.C. do Porto – Benfica disputado em 28 de Abril de 1912 no Campo da Rainha alinharam pelo Benfica os casapianos Carlos Homem de Figueiredo, Cosme Damião e José Domingos Fernandes.

Em 24 de Agosto de 1913 sai o 1º. número do jornal “O Sport Lisboa”, que seria o 1º. Jornal desportivo editado como órgão oficial de um Clube. O 1º. Director e o 1º. Editor são casapianos Cosme Damião e o Engº. Ávila de Melo.

Na 1ª grande representação do futebol português no estrangeiro, a da Selecção da A.F.L que em 1913 se exibiu no Brasil, estiveram os casapianos José Domingos Fernandes, Cosme Damião e Carlos Homem de Figueiredo.

Para a 1ª. Direcção da União de Futebol de Faro (1913) é eleito o casapiano Eduardo Vieira.

Na 1ª. Selecção Nacional de Futebol que em 1921 actuou em Madrid, alinharam 6 casapianos Cândido de Oliveira (cap.), António Pinho, António Lopes, José Maria Gralha, Ribeiro dos Reis e Victor Gonçalves.

O Casa Pia foi a 1ª. equipa portuguesa a jogar em Paris. Actuando no Natal de 1920 no Torneio Internacional realizado no Estádio Pershing. Depois dos jogos Inter-Aliados este torneio era a prova desportiva mais relevante que se disputava em França.

Foi também a 1ª. equipa do continente a deslocar-se aos Açores, onde em 1922 a convite do Fayal Sport Club disputou graciosamente três desafios a favor das vítimas do grave sismo ali ocorrido.

No 1º Campeonato de Portugal em Futebol. disputado em 1921/22 que o F.C. do Porto venceu alinhou na equipa portista o internacional casapiano Balbino da Silva. Representaria também o seu Casa Pia A. C. quando por motivos profissionais veio para Lisboa.

O 1º. Presidente da Liga Portuguesa de Natação (1921) foi o Professor Alfredo Soares. Foi também o 1º. Presidente do Casa Pia Atlético Clube.

1921 – 11 de Setembro – Natação – I Travessia do Tejo a Nado – A população de Lisboa formou uma massa compacta em diferentes pontos da margem do Tejo atraída pela grandiosidade da competição perante o entusiasmo de Florêncio Ricardo Domingos o criador da corrida, que viu apenas 4 atletas concluírem os 12 Km de prova. O casapiano Augusto Reis Pinto, com o tempo de 4 horas, 16 minutos, 24 segundos e 4/5 classifica-se no honroso 4º. lugar, logo atrás dos atletas do Sport Algés e Dafundo, Margarida Fuhrman Pala, Luis Alves Miguel e do grande campeão Rodrigo Bessone Basto, que foi o vencedor. Concorreram 19 atletas, começando a prova junto à ponte da Companhia Internacional em Xabregas, terminando junto á Praia da Torre de Belém, monumento que foi contornado. Francisco Pinheiro, o outro atleta casapiano participante desistiu a 400 metros da meta após o contorno da Torre de Belém. Receberia uma medalha por ter conseguido este objectivo na companhia de mais 3 nadadores e 1 nadadora que não aguentaram também “a tremenda revessa de Pedrouços”. O Juiz de partida foi José Simões (campeão de esgrima, um dos fundadores e mais tarde presidente do Casa Pia), cabendo ao distinto jornalista casapiano Ramalhete Serra saudar os atletas em nome da Delegação de Lisboa da Liga de Natação.

O 1º. Nadador Olímpico Português foi Mário da Silva Marques, um dos fundadores do Casa Pia Atlético Clube. Participou nos Jogos de Paris em 1924.

Na 1ª. Selecção Olímpica de Futebol que participou nos Jogos Olímpicos de 1928 em Amesterdão estiveram os casapianos António Roquete (Gr.) e Cândido de Oliveira na qualidade de Seleccionador.

No 1º. triunfo da Selecção Nacional de Futebol em 1925 contra a Itália esteve o casapiano António Pinho um dos fundadores do Casa Pia Atlético Clube. Pinho alinharia ainda em 1927 na 1ª. goleada da Selecção. 4-0 contra a França no Estádio do Lumiar

No 1º. Portugal – Espanha em Natação realizado em 1926 competiram os casapianos António Roquete e Gustavo Teixeira futuros internacionais de futebol. O Seleccionador foi outro “ganso” – Aníbal Cordeiro também excelente futebolista.

No 1º. Lisboa-Madrid em Futebol realizado em 1926, alinharam os casapianos Domingos Gonçalves e Pereira da Silva. O resultado foi 2-0 a favor de Lisboa, marcando Pereira da Silva um dos golos.

Da 1ª. Direcção da Associação de Natação de Lisboa eleita em 25 de Agosto de 1930 faz parte o casapiano Aníbal Cordeiro que a 19 de Agosto de 1930 havia secretariado a Assembleia fundadora da Federação Portuguesa de Natação.

No Benfica o 1º associado a desempenhar os 3 principais cargos, Presidente da Assembleia-Geral (1945), da Direcção (1925/30) e do Conselho Fiscal (1915/16), foi o ilustre casapiano Engº. Ávila de Melo, também dedicadíssimo associado do Casa Pia Atlético Clube desde a primeira hora. Ávila de Melo tal como o Dr. Januário Barreto (Primeiro presidente do Sport Lisboa) foram bolseiros do legado do médico casapiano Luz Soriano à Casa Pia para formar em cursos superiores os melhores alunos. O último bolseiro, foi o Professor Manuel Rodrigues Lapa….

1934 – É aprovado o 1º. Regulamento dos Campeonatos das Ligas (todos contra todos) importante salto para a realização de uma prova em formato de Campeonato. O projecto aprovado foi de autoria dos casapianos, Cândido de Oliveira e Ribeiro dos Reis e ainda de Plácido de Sousa.

 – 1938 – 24 de Outubro – Com a Presidência de Raúl Vieira, antigo Presidente do Casa Pia, inicia-se o I Congresso Nacional do Futebol, integrado no 50º. Aniversário da introdução deste desporto em Portugal ilustrada pela I Exposição Histórica do Futebol, organizada pelo Jornal “O Século”, cuja organização pertenceu ao “ganso” Cândido de Oliveira.

No Congresso apresentaram teses relevantes que se guardam em livro na Biblioteca-Museu Luz Soriano, os casapianos Professor Cruz Filipe, Raúl Vieira, Ricardo Ornelas e Ribeiro dos Reis.                                      

        – O desfile comemorativo do I Congresso do Futebol foi aberto pelo casapiano Gustavo Teixeira empunhando o estandarte da Associação de Futebol de Lisboa, cabendo a honra ao Casa Pia de ser a primeira Associação a desfilar, o que levou Gentil Marques a escrever na “Stadium” n.º. 35 de 3 /11/38 ”Homenagem interessante aos precursores do Futebol Português”, referindo ainda que dos 1000 atletas presentes no desfile 100 eram casapianos. 

1938 6 de Julho – Atletismo –  Mira Barroso ainda aluno, bate o recorde Nacional de 80 metros com o  excelente  tempo de 8 segundos e 9 décimos. Por ter batido este recorde, e apesar de ter apenas 18 anos passou de imediato à categoria de seniores à luz dos regulamentos de então. Por isso participou no Porto no Estádio do Lima nos Campeonatos Nacionais, vencendo a sua eliminatória de 100 metros com o tempo de 11 segundos e 1 décimo, classificando-se em quarto na final. Curiosamente o vencedor creditou 11 segundos e dois décimos, um tempo inferior ao da eliminatória vencida por Mira Barroso. Mira Barroso foi o primeiro atleta português a correr os 60 metros em menos de 7 segundos e os 80 em menos de 9. Foi ainda recordista de 100 metros com o tempo de 11 segundos, e da estafeta 3×60 metros com o tempo de 20 segundos e 6 décimos

– 1940 – Setembro – Cândido de Oliveira orienta o I Curso de Treinadores de Futebol. Para exemplificação ao vivo escolheu quatro jogadores de “técnica perfeita” Mourão, Bernardo e os casapianos Gustavo Teixeira e António Roquete, antigos capitães da Selecção Nacional. 

– 1945 – Andebol –  No I Lisboa/Madrid em Andebol de 11 disputado em 1 de Janeiro  nas Salésias, alinharam por Lisboa Oswaldo Martins e Domingos Vicente.

1945 – 29 de JaneiroÉ publicado o primeiro número do Jornal “A Bola”, fundado pelo Dr. Vicente de Melo e pelos casapianos Cândido de Oliveira e Ribeiro dos Reis que durante os dois primeiros anos teve como redactor Ricardo Ornelas com o pseudónio de Renato de Castro. Na Bola trabalhariam ainda os casapianos Augusto da Costa Valdez (Chefe de Redacção), Fernando Vaz, Reynaldo Monteiro, Dr. Fernando Cardote e José Reis.

1946 – 8 de Agosto Fundação do Clube Oriental de Lisboa, resultante da fusão do Chelas, Fósforos e Marvilense. Ao internacional casapiano Gustavo Teixeira, coube a honra de ter sido nomeado primeiro treinador do novo clube.

1950/51 – FutebolAo “ganso” Cândido de Oliveira, fundador e 1º. Capitão do Casa Pia e da Selecção Nacional, cabe a honra de ser o 1º português a treinador a treinar no estrangeiro, dirigindo no Brasil o célebre Flamengo, ajudando este clube a voltar à ribalta do futebol brasileiro.

– 1968 – BasquetebolO 1º. Torneio de Lisboa de Minibasquete realizado em 1968 no Pavilhão da Ajuda é ganho pelo Casa Pia A.C., trazendo para as suas vitrines a Taça “Dr. Armando Rocha”

– 1985 – Ténis de MesaO Casa Pia foi a 1ª. equipa portuguesa a passar uma eliminatória Feminina em Competições Europeias em Ténis de Mesa. A proeza ocorreu  na Grécia, onde na 1ª. Eliminatória da “Nancy Evans Coupe” vencemos por 5-4 o Atlectic Clube Pera Salonic. A equipa foi constituída por Olga Menezes (cap.), Maria Alexandra e Marta Alexandra

– 1998/99 – HóqueiO 1º. Campeonato Nacional de Hóquei de Sala Feminino foi conquistado pelo Casa Pia.

– 1999 – LutaA 1ª. medalha Europeia na modalidade de Luta conquistada por Portugal foi conseguida pelo casapiano Hugo Passos em 1999 na Hungria. Passos sagrou-se assim Vice-Campeão Europeu de Juniores.

2008 – O desporto casapiano através dos dedicados técnicos David Maia e José Viriatoconsegue duas excelentes performances; a conquista da 1ª Supertaça “Fernando Gaspar” posta em disputa pela Federação Portuguesa de Lutas Amadoras e a 1ª. Supertaça instituída pela Associação de Futebol de Lisboa, que pôs frente a frente o Campeão de Lisboa (Casa Pia) e o vencedor da Taça da Associação (Ericeirense), disputada por eliminatórias.

– 2015 – Nos 1ºs.  Jogos Europeus – Baku 2015 – Azerbaijão – estiveram os internacionais de Luta casapianos – Hugo Passos (-66Kg), João Carvalho (-59Kg) e Zurab Bekauri            (-66Kg),

2017 – 15 de Agosto – Futebol Sénior – Lisboa Estádio 1º. de Maio – O Casa Pia vence a 1ª. edição do “Torneio de Abertura  da Associação de Futebol de Lisboa – Equipas do Campeonato Nacional Prio” ao vencer após grandes penalidades (3-1), o Desportivo de Mafra. Antes havia eliminado o Clube Oriental de Lisboa (2-0) e a U.D. Vilafranquense (2-1).ibéricos, a bela cidade de Gouveia, acolheu a etapa lusitana da Liga Ibérica Jovem 2017.

2019 – 7- 10 de Junho – Hóquei em Campo – Em Wettingen – Suíça – O Casa Pia bi-campeão nacional na sua primeira participação numa prova europeia, alcançou a  1ª. vitória de sempre de clubes portugueses no Euro Hockey Club Trophy, frente ao Glenanne H.C. da Irlanda (3-2).    

Resta-nos dizer que tudo isto só foi possível porque a Casa Pia de Lisboa foi a 1ª. Escola portuguesa a ensinar ginástica como matéria escolar mandando construir na sua Cerca do Restelo (1834) o 1º. Ginásio de que há conhecimento em Portugal.