Casa Pia Atlético Clube
Estádio Pina Manique,
Parque de Monsanto, 1500-462 Lisboa
geral@casapia-ac.pt
Cultura, Solidariedade e Desporto
(+351) 210 513 911

Festival de ataque no regresso às vitórias

Gansos vencem Varzim por 3-0 e sobem ao oitavo lugar

O Casa Pia (CPAC) venceu de forma inequívoca o Varzim (3-0) e ascendeu ao oitavo lugar do campeonato, com 43 pontos. Os gansos, que estavam há quatro jogos sem ganhar, foram superiores aos poveiros, mas construíram o resultado apenas na segunda parte. Godwin, Malik e Diego Medeiros marcaram os golos.

O festival de ataque do CPAC começou cedo. Godwin ultrapassou Nélson Agra, cruzou ao segundo poste e Jota, sozinho, rematou ao lado. O Varzim respondeu de bola parada, mas foi a equipa de Filipe Martins a criar novo lance de perigo. Marvin foi à linha e cruzou atrasado, mas Malik e Zidane não conseguiram dar a melhor sequência ao lance.

A melhor oportunidade surgiu por Vitó, aos 19 minutos. O médio apareceu na área, do lado esquerdo, e rematou para grande defesa do guarda-redes. O CPAC já justificava a vantagem e Malik, pouco depois, ficou a centímetros de inaugurar o marcador. No entanto, o cabeceamento do ganês saiu por cima.

O Varzim, que ficou em penúltimo lugar na Liga Portugal Sabseg, poderia ter chegado ao intervalo em vantagem. Na sequência de um pontapé de canto, Patrick superiorizou-se na área e cabeceou com muito perigo. Lucas Paes, que voltou à titularidade, estava batido. 

Três golos em meia hora

Na 2.ª parte, os gansos não deram qualquer hipótese ao adversário. Godwin, o mais perigoso na primeira metade, inaugurou o marcador numa grande jogada individual. O nigeriano isolou-se, tirou Ricardo do caminho e rematou para o 1-0 (49’). Foi o oitavo golo do nigeriano no campeonato.

O Varzim respondeu bem à desvantagem, mas acabou por se desequilibrar defensivamente. O CPAC explorou as transições rápidas e chegou ao segundo golo com naturalidade. Malik, de fora da área, rematou forte de pé esquerdo e chegou aos 11 golos na época (67’). O ganês consolidou o estatuto de melhor marcador da equipa. 

Os poveiros voltaram a ameaçar e André Vieira, num remate cruzado, deixou o primeiro aviso. Pouco depois, foi Lucas Paes a evitar o 2-1 com uma grande defesa. O guarda-redes brasileiro, que soma três jogos pelo CPAC, ainda não sofreu golos.

O melhor momento do jogo acabou por ser o terceiro golo, da autoria de Diego Medeiros. O extremo recebeu um grande passe de calcanhar de Malik e, frente a Ricardo, desviou para a baliza. Uma obra de arte a fechar o resultado.

Até final da partida, Filipe Martins estreou Rogério Fernandes, lateral-direito da formação do Casa Pia. O defesa, de 18 anos, entrou para o lugar de Marvin Martins e cumpriu os últimos sete minutos do jogo.

Na última jornada do campeonato, o CPAC defronta o Cova da Piedade. O jogo ainda não tem data nem hora definida pela Liga. 

Usamos cookies para lhe proporcionar uma experiência melhor.
PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)