Casa Pia Atlético Clube
Estádio Pina Manique,
Parque de Monsanto, 1500-462 Lisboa
geral@casapia-ac.pt
Cultura, Solidariedade e Desporto
(+351) 210 513 911

Empate 1-1 em Penafiel com sabor a pouco

O Casa Pia AC empatou no sábado 1-1 no terreno do FC Penafiel, na 19.ª jornada da LigaPro, mas o jogo terminou com uma sensação de injustiça no resultado, em função das oportunidades criadas pelos jogadores casapianos.

O jogo começou com o Casa Pia AC praticamente instalado no meio-campo adversário e o primeiro lance de grande perigo aconteceu aos 15 minutos, quando Alexandros Voilis acertou no ângulo direito da barra na marcação de um livre direto.

Mas o FC Penafiel inaugurou o marcador cinco minutos depois, na primeira vez que criou algum perigo, com João Paulo a recargar com êxito após uma defesa de Van-der-Laan a um livre marcado sobre o lado direito.

A trave da baliza do FC Penafiel voltou a estremecer aos 26 minutos, num remate de Kenidy, com Martim a quase marcar na recarga, e o Casa Pia AC chegou finalmente ao empate aos 32, quando Jeka, isolado por Mateus, concluiu bem um lance envolvente em que a bola passou por meia equipa casapiana.

O FC Penafiel esteve por cima na primeira metade da segunda parte, mas sem construir muitos lances de perigo, e a melhor ocasião dos segundos 45 minutos foi desperdiçada aos 80 pelo estreante Damien Furtado, que permitiu a defesa do guarda-redes local após ficar isolado por um passe de Alexandros Voilis.

“Na primeira parte o Casa Pia foi claramente superior, com duas oportunidades flagrantes de golo, duas bolas nos ferros. Fomos claramente superiores não só nas oportunidades que criámos, mas também na nossa forma de jogar, fiéis que estamos a ser ao nosso processo e àquilo que temos vindo a construir desde o dia 19 de dezembro”, disse no final o treinador casapiano.

Ricardo Peres admitiu que “na segunda parte o Penafiel teve uma reação que seria de esperar de uma equipa bem organizada e bem orientada”, conseguindo “equilibrar o jogo dos 10 aos 30 minutos”, mas acrescentou: “O Casa Pia esteve novamente por cima nos últimos 15 minutos, outra vez com duas oportunidades flagrantes para fazer o golo”.

“Sem dúvida alguma, estamos no caminho certo. Este grupo tem de acreditar que está no caminho certo”, sustentou Ricardo Peres, considerando que o resultado do jogo realizado no Estádio Municipal 25 de Abril foi “claramente” injusto.

Quando questionado sobre ainda acredita que a sua equipa pode recuperar os pontos necessários para assegurar a manutenção, o técnico respondeu: “Se não acreditasse não estava aqui. Nós estamos a fazer crescer esta equipa. Na semana passada [0-2 em casa com o Farense] houve um equilíbrio em que não se notou a diferença entre o primeiro e a equipa que está classificada onde está e a seguir chegamos aqui, contra uma equipa bem orientada, bem organizada, com um bom treinador, com um bom plantel, e conseguimos estar por cima 45 minutos e equilibrando na segunda parte e podendo finalizar”.

“Portanto, temos que acreditar e eu estou a sentir que os jogadores estão a acreditar que vamos colher bons frutos deste processo”, concluiu.

Usamos cookies para lhe proporcionar uma experiência melhor.
PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)